Páginas

quarta-feira, 27 de abril de 2016

PREFEITO DIZ QUE NÃO VAI COMBATER FOCO DE DENGUE, ZIKA E CHIKUNGUNYA EM LOCAL NO CENTRO DE VIDEIRA: "PREDADOR NATURAL" FARÁ O SERVIÇO.


Foi com espanto que o Vereador PAESE recebeu resposta assinada pelo PREFEITO, dizendo que nada faria com relação a possível foco de mosquitos transmissores de Zika vírus, Dengue e Chikungunya, indicado pelo Parlamentar na Rua Prefeito César Augusto Filho.

Segundo o Prefeito, o ponto indicado como foco de larvas (casas abandonadas) fica em rua localizada em área rural e os mosquitos que transmitem as doenças não gostam de vegetação. 

Além disso, presume que  pode haver um predador natural para dar conta das possíveis larvas existentes e que não poderia ingressar no local por estar abandonado.

Leia trecho do documento:

A resposta é recheada de equívocos. Primeiro que o local não está em área rural, e sim no centro de Videira, no Bairro Dois Pinheiros. Segundo, que o mosquito Aedes aegypti também é encontrado no meio rural. Terceiro, não é só o Aedes aegypti que atua como agente transmissor, mas também o Aedes albopictus, próprio do meio rural e disseminador da Chikungunya. Quarto, no combate a endemias deve se observar o princípio da precaução, sendo inaceitável pressupor que possíveis focos não são importantes. Quinto, a Prefeitura, ao contrário do alegado, pode sim ingressar em imóveis particulares abandonados para combater endemias, tais como Dengue, Zika e Chikungunya, conforme dispõe o Art. 1º§1º, III, da Medida Provisória 712/2016 (leia aqui).


Diante disso, o Vereador solicitou, em nome dos moradores daquela região, diretamente afetados e de todos os videirenses, passíveis de serem infectados, que a decisão seja revista e as providências cabíveis sejam tomadas.




Nenhum comentário:

Postar um comentário