Páginas

quarta-feira, 3 de setembro de 2014

VEREADOR PROPÕE QUE A CÂMARA DE VEREADORES COLHA ASSINATURAS PARA A REFORMA POLÍTICA



Utilizando a Tribuna, PAESE fez requerimento para que a Câmara de Vereadores torne-se um dos pontos para colher assinaturas a favor do projeto de lei da reforma política.

O vereador explicou que mais de 100 entidades, dentre elas a OAB, CNBB e o Movimento de Combate a Corrupção criaram a Coalizão pela reforma política democrática e eleições limpas, com o objetivo de obter mais de 1,5 milhões de assinaturas para criar Lei que vai promover importante reforma política no Brasil.

Dentre as principais mudanças consta: 1)proibição de financiamento de campanha por empresas; 2) participação popular nas decisões nacionais importantes; 3) igualdade de homens e mulheres para ocupar cargos políticos; 4) restrição nas coligações e; 5)mudança na forma de eleger os candidatos.

O Parlamentar explica que, segundo estudos, uma das principais causas da falta de representatividade dos políticos e da corrupção, advém do financiamento das campanhas por empresas, uma vez que, com os políticos que elegem, impõem  seus interesses em detrimento da grande maioria do povo.

Outro ponto de destaque, citado pelo Vereador, diz respeito a participação da mulher nos cargos políticos, apontando que apesar de serem mais da metade da população brasileira, ocupam menos de 10% dos cargos.

O Projeto pretende ainda acabar com coligações oportunistas e com a possibilidade de eleger candidatos com a sobra de votos de outros bem votados. Assim, só vai ser eleito quem receber a maior quantidade de votos do eleitor, diz o Vereador.

Está previsto também, segundo ressalta PAESE, que nas decisões mais importantes do país, o povo vai participar diretamente, aprimorando a democracia participativa.

O Parlamentar conclui dizendo que as reformas na saúde, educação, transporte e segurança, somente serão possíveis após uma reforma no modo de escolher os políticos, exortando a todos que participem da construção de um país mais democrático

Enquanto a Câmara não instala o ponto de coleta, os interessados poderão assinar o projeto na Paróquia Imaculada Conceição ou imprimir o formulário disponibilizado no sítio: http://www.reformapoliticademocratica.org.br
No mesmo endereço é possível conhecer mais sobre o projeto. 



Nenhum comentário:

Postar um comentário