Páginas

quarta-feira, 13 de novembro de 2013

VEREADOR PROPÕE A REALIZAÇÃO DE LEVANTAMENTO E CRONOGRAMA PARA PAVIMENTAÇÃO DAS VIAS MUNICIPAIS

























Nesta semana, o vereador WILSON PAESE trouxe à tona assunto que aflige inúmeros moradores de Videira: RUAS (VIAS) SEM CONDIÇÕES ADEQUADAS DE UTILIZAÇÃO.

O Vereador percorreu diversos bairros do nosso Município, deparando-se com ruas municipais em estado precário, inapropriadas para o uso e, em alguns casos, oferecendo riscos aos usuários.

Por amostragem, PAESE cita ruas localizadas no loteamento Roberti/Rigo, Bairro Farroupilha e no Loteamento Martelli.

No Bairro Farroupilha, o Parlamentar diz que há rua que sequer denominação possui, a qual é apenas conhecida por “subidão”, com acesso pela Rua José Dal Pizzol.

Nas palavras de PAESE: “a rua, se é que assim pode ser chamada, mais parece um carreiro de chão batido com aclividade acentuada e sem qualquer infraestrutura oferecida pela prefeitura. Para agravar, o loteamento foi aprovado sem que a devida fiscalização da implantação dos requisitos mínimos, tal como tubulação em toda a extensão para escoamento da água pluvial. Além disso, novo loteamento foi aprovado, em porção de terras imediatamente superior, o qual despeja, irregularmente, água na rua citada, provocando erosão e dificultando ainda mais a utilização da via, sem que o município tome qualquer providência a respeito.”

Já as Ruas Fraiburgo, Primavera e Rosário, localizadas no Loteamento Martelli,  ainda são de chão batido, produzindo grande quantidade de pó, bem como as duas últimas, são estreitas, desrespeitando a largura mínima exigida em Lei, ocasionando toda sorte de transtornos aos moradores, segundo WILSON PAESE.

O Vereador explica que cabe ao loteador oferecer toda a infraestrutura necessária para o adequado aproveitando dos lotes vendidos, ao passo que ao Município cabe a tarefa de fiscalizar o cumprimento dessas exigências.
Mas, como nada disso foi feito, é obrigação do município regularizar a situação o mais breve possível, em respeito a dignidade da pessoa humana, aponta PAESE.

PAESE ainda ressalta que grande parte do valor gasto pelo Município com a pavimentação de vias públicas é recuperado com a cobrança da Contribuição de Melhoria, sendo que, acredita, nenhum morador se furtaria em pagar o valor justo correspondente para possuir uma via pavimentada, em perfeita condição de utilização.

Assim, como é obrigação do Município exercer seu papel com afinco e solucionar tais problemas com competência e rapidez, PAESE apresentou indicação ao prefeito municipal interino para que proceda ao levantamento de todas as ruas municipais que não apresentam condições ideais de utilização, e, posteriormente, conforme a urgência, elabore cronograma para solucionar as deficiências.

Somente assim, com planejamento e conhecimento da real situação das vias públicas, o município poderá realizar um trabalho racional e imparcial que priorize as pessoas que moram nesta cidade, sentencia o Vereador.



Um comentário:

  1. Amigo vereador Vilson Paese, pergunta para a todos estes cidadãos que estão com este problema, se os impostos estão em dia, que com certeza estão, como o IPTU, esta é uma situação de total descaso....

    ResponderExcluir