Páginas

sexta-feira, 18 de outubro de 2013

PAESE PROPÕE A CRIAÇÃO DE UM OBSERVATÓRIO SOCIAL EM VIDEIRA



Ao fazer um diagnóstico do primeiro ano do mandato que esta prestes a encerrar, PAESE diz que, ao desenvolver suas atividades de vereador, fiscalizando os atos do Executivo, ficou surpreso com tantos indícios de irregularidades e despreparo para gerir a coisa pública, seja no planejamento e realização de obras, seja em licitações ou atos de gestão de pessoal.

Em conseqüência, o Vereador aponta que é hora de Videira contar com um Observatório Social.

WILSON PAESE explica que o Observatório Social é um instrumento, constituído por meio de Associação, sob orientação do Observatório Social do Brasil, para qualquer um do povo, sem vínculo partidário e de forma voluntária, exercitar a cidadania, transformando sua indignação em atitude, cobrando transparência e monitorando a qualidade dos gastos públicos no seu Município.

Assim, o Observatório Social é formado por empresários, profissionais liberais, professores, estudantes, entidades como, associações comerciais, OAB, conselhos profissionais, Rotary e Lions Clubes, enfim, por todos aqueles que integram a sociedade e almejam mudança e aperfeiçoamento na qualidade da Administração Pública, destaca o Vereador.

Na atividade de monitoramento, os integrantes do Observatório Social, por meio de atividade padronizada, acompanham desde o lançamento do edital de uma licitação, até a entrega das obras, serviços ou bens adquiridos.

Com isso, previnem-se atos de corrupção, má gestão e desvios de finalidade, contribuindo para que o dinheiro que é do povo, seja corretamente empregado, avalia WILSON PAESE.

O Observatório Social ainda desempenha importante atividade no acompanhamento da produção legislativa da Câmara de Vereadores, no fomento da prática do povo acompanhar os atos de Administração e de compreender a importância da adequada aplicação dos impostos (educação fiscal), além de auxiliar no processo de inserção de micro e pequenas empresas nas licitações públicas, gerando empregos e competitividade, com diminuição do preço e aumento da qualidade do que é adquirido.

Outro importante papel do Observatório Público, segundo PAESE, é construir indicadores da gestão pública, com base na execução orçamentária e indicadores sociais do Município. Além disso, o Observatório Social Municipal encontra suporte no Observatório Social do Brasil, que fornece capacitação e toda a assessoria necessária.

O Parlamentar relata que somente no ano de 2012, os Observatórios Sociais existentes no Brasil, por meio da sua atividade de fiscalização, propiciaram economia de mais de 200 milhões de reais aos cofres públicos dos Municípios brasileiros, haja vista que os órgãos responsáveis pela fiscalização, tais como Tribunal de Contas e Ministério Público, não detém recursos humanos e de materiais para fiscalizar 100% todos os seus municípios.

"É preciso que cada Videirense assuma seu papel de cidadão e auxilie a construir um Município que melhor atenda aos anseios da comunidade. E quem melhor para fiscalizar a obra ou o serviço prestado em determinado bairro de Videira que o morador daquele mesmo bairro?" Finaliza Paese.

Para maiores informações acesse:clique aqui.

Nenhum comentário:

Postar um comentário