Páginas

quarta-feira, 12 de junho de 2013

WILSON PAESE SOLICITA AO PRESIDENTE DA CÂMARA QUE REALIZE AUDIÊNCIA PÚBLICA PARA DISCUTIR O TRAÇADO DA FERROVIA DO FRANGO







O assunto relativo a construção da Ferrovia do Frango e sua importância para o desenvolvimento do Município de Videira e região foi apresentado há alguns meses pelo Vereador WILSON PAESE, conforme artigos publicados neste espaço.

O tema ganha maior envergadura ante o lançamento pelo Ministério dos Transportes, no mês de maio, do edital que vai definir os Municípios que serão servidos diretamente pelo traçado da Ferrovia do Frango. 

Inicialmente havia decisão no sentido de que a Ferrovia partiria de Chapecó com destino ao Porto de Itajaí, mas mobilização política recente, ampliou o traçado da Ferrovia e, hoje, definiu-se que a mesma deverá partir de Dionísio Cerqueira.

Por outro lado, os meios de comunicação noticiam que traçado a ser definido  passaria por Herval D'Oeste e em seguida por Santa Cecília, não contemplando o Município de Videira.

Ante a possibilidade de modificar o traçado previamente idealizado, diversos Municípios, dentre eles, Curitibanos, Joaçaba, Herval D'Oeste, Chapecó e Joinville realizaram audiências públicas, reunindo a sociedade civil, políticos e cidadãos para discutir o assunto e elaborar documento com o intuito de subsidiar o Governo Federal com informações e fundamentos para que o traçado da Ferrovia do Frango atenda estritamente o interesse público.

No caso de Videira, seria um rematado absurdo que o detentor de um dos maiores efetivos de aves não esteja elencado no rol dos Municípios servidos pela Ferrovia, destaca Paese.  

Por isso, na última sessão, solicitei ao Presidente da Câmara de Vereadores de Videira, como representante do Legislativo Municipal que, a exemplo de outro Municípios, realize audiência pública para debater o assunto e expor ao Governo Federal que o povo Videirense, pela sua atividade econômica no setor agroindustrial, merece ser atendido diretamente pela Ferrovia do Frango.

Um comentário:

  1. Ótimo! Importante realizar estudo de impacto na economia local, lembrando inclusive dos " contras" tendo vista que temos uma frota considerável entre os transportadores de frios...

    Abraços e excelente trabalho.

    ResponderExcluir